Departamento de Barragens de Betão Departamento de Barragens de Betão
Núcleo de Modelação e Mecânica das Rochas
Núcleo de Modelação e Mecânica das Rochas
Luís Nolasco Lamas
Luís Nolasco Lamas
Chefe de Núcleo / Investigador Principal

Apresentação

O Núcleo de Modelação e Mecânica das Rochas (NMMR) é uma unidade do Departamento de Barragens de Betão (DBB), que desenvolve atividade de investigação e desenvolvimento tecnológico (I&DT) no domínio das barragens de betão e alvenaria, incluindo as suas fundações e as obras subterrâneas associadas. A sua atividade centra-se no estudo do comportamento destas obras utilizando modelos numéricos e metodologias experimentais, e na caraterização das propriedades dos maciços rochosos.


Os estudos de barragens no LNEC iniciaram-se no final da década de quarenta, praticamente com a sua criação, para apoio ao programa de construção de grandes barragens então em curso em Portugal. A atividade do NMMR é herdeira, em grande medida, da atividade ímpar desenvolvida por Manuel Rocha na investigação nos domínios da modelação física e matemática, da mecânica das rochas e das fundações de barragens (ver publicação).

A modelação do comportamento das barragens betão foi, até ao final da década de 60, baseada na utilização de métodos experimentais associados a modelos físicos em tamanho reduzido. Com o desenvolvimento dos métodos numéricos a partir da década de 60, estes foram ganhando importância, sendo atualmente a modelação das barragens e suas fundações realizada essencialmente com o apoio de modelos numéricos, aplicados a cenários correntes e de rotura, em condições estáticas ou dinâmicas (ver documento). Veio a juntar-se a esta atividade, pela necessidade de responder a solicitações crescentes, a de monitorização e caraterização dinâmica de barragens de betão.

O desenvolvimento de ensaios de campo inovadores a nível internacional para caraterização dos maciços rochosos teve grande desenvolvimento até aos anos 70, mantendo a sua importância no apoio ao projeto de novas obras, quer em Portugal, quer no estrangeiro. Com o decorrer do tempo, a esta atividade veio juntar-se, com importância crescente, o controlo do comportamento e a observação das obras subterrâneas associadas aos grandes aproveitamentos hidroelétricos (ver documento).

A atividade de investigação do NMMR está integrada no Plano de Investigação e Inovação 2013-2020 do LNEC e é desenvolvida em parceria com outras instituições, tendo em vista os objetivos estratégicos do DBB. O NMMR fornece também serviços de consultoria avançada, nos seus domínios de intervenção, respondendo a solicitações nacionais e internacionais, que visam a resolução de problemas específicos.

O NMMR possui uma equipa experiente e multidisciplinar, constituída por nove investigadores e sete técnicos de experimentação. Dispõe de capacidades numéricas avançadas, que combinam desenvolvimentos internos e pacotes de uso comercial, bem como de equipamento experimental relevante.